quinta-feira, outubro 26, 2006

Que tristes figuras…



Acção: uma aranha (daquelas com umas patas enormes e uma cabeça minúscula … porque será que ao fazer este descrição a associação imediata que me surgiu nesta mente conspurcada foi a nossa classe política??? Bem, adiante…e recomeçando)

Acção: uma aranha a laurear pelas paredes adjacentes à minha banheira, enquanto eu tomava banho.

Reacção (óbvia): distanciar-me do local da iminente queda e flagelá-la com o chuveiro.

End of Story…nã, nã, nã. Isso seria para pessoas mentalmente estáveis.

O aracnídeo caiu, tal como era o meu desejo inicial, mas se vocês tivessem visto a pobre bichana a debater-se contra a maré, com aqueles enormes e imensos apêndices (a esta altura já desarticulados), e aquele buraco negro cada vez mais perto, por onde seria devorada e sabe-se lá que tortuosos caminhos iria conhecer até chegar a sua hora…se vocês tivessem visto, eu sei que não ficariam indiferentes àquele desespero.

Naquele ápice o que há de mais humano (???) em mim vociferou: redime-te ou terás pesadelos sinuosos nos tempos que se avizinham!

E foi ver-me de cú para o ar numa tentativa desesperada que o seu corpo mole se colasse às minhas mãos, o que abençoadamente sucedeu, e que nem uma Messias sai do meu aventurado banho, tal e qual a minha mãe me pôs ao mundo (talvez um bocadito mais desenvolvida), e corri a pôr a minha aranha a secar no parapeito da janela.

Acho que sobreviveu.

(nota: só vos conto este episódio pois a minha querida mãe achou que era de extrema importância vós saberdes com quem vos meteis).

16 comentários:

algevo disse...

ainda existem pessoas boazinhas...mas aposto que a aranha vai precisar de terapia para ultrapassar o susto... já arranjaste psicólogo???

É bom depois de uma manhã cansativa ler-te e rir.

Beijos

I.

Nani disse...

"if it doesn´t kill you it just makes you stronger", ou seja
a aranha a esta altura já deve ser uma tarântula...hummm, espero que não volte para se vingar.

asdrubal tudo bem disse...

Acho que não se vai vingar, arranjaste uma amiga para a vida e quando algum chato te incomodar basta chamar a super aranha que ela corre logo com ele.

Nani disse...

ohhh asdrubal que lindo pensamento!

asdrubal tudo bem disse...

sabes que eu no fundo no fundo bem lá no fundo até que ou um tipo porreiro

Nani disse...

e tens fundo?

asdrubal tudo bem disse...

isso é maldade. claro que tenho e podes ter a certeza que é um bom fundo

Nani disse...

claro que sim asdrubal, se achasse o contrário não me metia contigo.
porra, uma gaja não pode ser um bocadito megera - vcs estragam-me a reputação.

Karlytus disse...

N mereces elogios.. pois n lhe fizeste bem.. apenas tentaste remediar o mal inicial q lhe fizeste.. :)
Alem do q aposto q a aranhita se te vir foge a 7 (ou 8) pés.. hehe

Tal como defendia Nietzsche acho q n fazemos bem pelos outros mas sim por nós.. E nesta tua aventura isso está bem patente.. ;)

Gostei mto deste post.. a mamã tinha razão.. hehe

Jokas azulis

lampâda mervelha disse...

Ora bem, eu gosto de aranhas! Durante muito tempo tive uma mesmo no cantinho do quarto, junto ao tecto. Caçava moscas e dava-lhe. Um dia... alguém decidiu terminar com aquela história. Agora o canto está vazio.. snif...

E por falar em moscas, aiiii o que eu me divertia com um isqueiro e o spray tira nódoas.... iihihihih!

Nani disse...

lampâda: you'll burn in hell

lampâda mervelha disse...

YEah!!! E beber tequila sunrise ao pequeno almoço... du béste!

Anónimo disse...

Do que gostei mais, mas mesmo mais, foi da utilização da 2ª. pessoa do plural... até parecias um padre de Viseu! (não sei porquê de Viseu, mas pronto... deve fazer parte do meu imaginário!).

Nani disse...

são as raízes mãezinha, são as raizes ...;-)

Zorze Zorzinelis disse...

Nanizinha, comment tu vas, ma cherie? ************************

Diz-me se o layout do meu blog laranja resulta!?

Anónimo disse...

A esta hora a aranha deve andar em algum psicólogo. Lol. És muito má. Em relação ao post que deixas-te no meu blog, era só para dizer que a minha mulher é um doce de pessoa e lá em casa é tudo dividido a meias e eu adoro saldos( mais do que ela). Ok. Voçes quando querem conseguem ser muito mazimhas. Tenho dito.